• coordenadorpedagog3

Projeto "Um Livro Por Mês"- #Dezembro


O projeto “Um Livro por Mês” tem se consolidado como espaço de troca e formação. Já foram trabalhados três importantes livros que abordam temas de interesse do IGEVE e que têm relevância no debate nacional da construção de uma educação com qualidade social[1]. Iniciamos em setembro com o livro “Pedagogia da Autonomia” do nosso patrono da Educação brasileira, o saudoso Paulo Freire. Em outubro trabalhamos o livro “Educação Infantil e Formação de Professores” e tivemos o prazer de conversar com a autora do livro, a professora Heloisa Helena Oliveira de Azevedo. Já em novembro debatemos o racismo com a leitura do livro de Djamila Ribeiro “Pequeno Manual Antirracista”. Em todos os meses tanto as postagens quanto a videoaula que encerra o mês tiveram um excelente engajamento por parte das colaboradoras e colaboradores do IGEVE, assim como tivemos impacto para além do Instituto com participantes externos.

O projeto “Um Livro por Mês” é um momento de encontro e reflexão, especialmente nas videoaulas que possibilitam uma interatividade em tempo real entre as profissionais do Instituto e demais interessados. Compreendemos que o conhecimento não tem fronteiras e também defendemos que a busca por conhecimento não deve ter limites. Nosso projeto incentiva à leitura dos livros abordados, mas, mais do que isso, incentivamos à Leitura, a busca pelo conhecimento através das “letras” e sobretudo da troca. Para o mês de dezembro propomos a leitura do livro “Crônicas do Chão da Escola” da professora Cristina Maria Campos. O livro traz relatos dos acontecimentos do cotidiano escolar através de um olhar e escuta sensível da autora, que é professora alfabetizadora. Como diz Campos (2017) “Essas crônicas vão olhar o cotidiano escolar como um lugar de pertencimento dos professores e também dos alunos, lugar onde a identidade de um vai ao encontro da identidade do outro, pois antes da relação professor/aluno existe a de ser humano”.

O livro nos possibilita uma viagem na experiência do outro como se estivéssemos presenciando e se reconhecendo enquanto professoras/es na poesia do fazer pedagógico. A escola, a docência, a relação com os alunos são sempre singulares, mas quando lemos o relato do cotidiano escolar reconhecemos nuances que nos aproximam e possibilitam a atenção ao nosso trabalho, nos possibilitam a atenção à detalhes do nosso cotidiano que também devem ser narrados. Dezembro é um mês curto devido as festas de fim de ano, então, faremos postagens todos os dias a partir da data de hoje (07/12/2020). Esse mês também teremos o prazer de receber a própria autora na videoaula, ou seja, faremos um bate papo sobre o livro, sobre cotidiano escolar e sobre a importância da escrita da prática docente. Convidamos para que acompanhem as postagens e não percam a nossa videoaula com a Professora Doutora Cristina Maria Campos, a professora Cris Robô.

Leia você também e venha participar com a gente.

IGEVE – aqui incentivamos à leitura!!!

[1] Se você ainda não assistiu as videoaulas, corre lá na página https://www.facebook.com/institutoigeve e assista. É um material público desenvolvido pelo IGEVE para todas e todos que acreditam e trabalham com educação.

64 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo